Casos da Síndrome de Haff próximos de Oriximiná


Coordenador de vigilãncia epidemiológica Carlos Beta, em entrevista coletiva, informou sobre as medidas de prevenção a Síndrome de Haff que se espalha pelo estado do Amazonas.

Devido a proximidade com municípios do estado vizinho, a população está preocupada sobre o avanço dos casos. Recentemente dois casos, um em Juruti e outro em Santarém, estão sendo investigados com a suspeita de serem provenientes da síndrome.

Reportagem: Ednelson Furtado
Imagens: Santos Silva e Léo Notícias
Edição: Frank Nunes

Fênix Comunicação

Tv Canal 9, Mídia Indoor, Produtora e Rádio Web.

Postagem Anterior Próxima Postagem